A contributory method

 

Um projeto de cooperação com uma gestão  partilhada e um trabalho em rede

A metodologia de co-construção está no centro do projeto e manifesta-se através do seu modo de governação partilhada (da fase de conceção e fase de avaliação do projeto) e da constituição de uma rede de 8 cidades parceiras.

Iniciando a reflex√£o em Rennes, no bairro de Blosne, a coordena√ß√£o do projeto materializa-se em duas inst√Ęncias:
– um Grupo de reflex√£o que acompanha a reflex√£o do projeto numa dimens√£o coletiva
Рuma Comissão de decisão que arbitra e é responsável pelo projeto.

O Grupo de reflex√£o √© composto por cidad√£os migrantes ou n√£o, atores locais, fot√≥grafos, investigadores de ci√™ncias sociais e a equipa de coordena√ß√£o transnacional. Ele re√ļne-se a cada 2 meses em Rennes no bairro de Blosne. O Grupo de reflex√£o tem como miss√£o emitir reflex√Ķes e propostas sobre os grandes eixos do projeto, elaborar metodologias de recolha de testemunhos de migrantes, participar no semin√°rio de transmiss√£o dessas metodologias √†s equipas locais, participar nas restitui√ß√Ķes e nas a√ß√Ķes de difus√£o locais, participar no semin√°rio de avalia√ß√£o do projeto.

Com vista a alargar esta rede de migrantes que tentam conciliar a sua dupla cultura e enriquecer a recolha com base numa din√Ęmica de coopera√ß√£o e de partilha de experi√™ncias, a Enciclop√©dia dos migrantes apoia-se na mobiliza√ß√£o de uma rede de 8 cidades parceiras da costa atl√Ęntica situadas ente Brest e Gibraltar e 8 parceiros operacionais (associa√ß√Ķes, universidades, museus, etc.) em Fran√ßa, Espanha, Portugal e Gibraltar).

 

Um projeto em 6 fases

Este projeto de cooperação europeia desdobra-se em 4 anos, entre 2014 e 2017, e é desenvolvido em 6 fases:

1/uma fase de conce√ß√£o (2014-2015) que consiste por um lado em reunir o Grupo de reflex√£o do projeto situado no bairro de Blosne em Rennes para construir metodologias de recolha de testemunhos (reuni√Ķes de trabalho a cada 2 meses) e por outro lado em constituir a rede das 8 cidades parceiras em Fran√ßa, Espanha, Portugal e Gibraltar (viagens de coopera√ß√£o).

2/uma fase de transmissÃo (2015) que assumirá a forma de um seminário de transmissão das metodologias de recolha de testemunhos aos parceiros operacionais das 8 cidades da rede que serão retransmitidas às equipas locais. Este seminário será organizado em Paris, em Novembro de 2015.

3/uma fase de recolha (2014-2016) dos 400 testemunhos pelas equipas locais (duas pessoas que recolhem os testemunhos e dois fotógrafos por cidade) nas 8 cidades parceiras, ou seja, 50 testemunhos na cidade de partida (Rennes onde se situa o bairro de Blosne) e 50 testemunhos nas outras 7 cidades.

4/uma fase de edi√ß√£o e de produ√ß√£o (2014-2017) que conduzir√° √† produ√ß√£o das duas vers√Ķes da Enciclop√©dia dos migrantes (janeiro de 2017), e antes de guias, de um kit de refer√™ncia, de um site internet do projeto, e a posteriori um folheto educativo e de um filme document√°rio.

5/uma fase de difus√£o (2014-2017) com uma s√©rie de restitui√ß√Ķes locais e depois a√ß√Ķes de difus√£o da obra e de partilha de experi√™ncias nas 8 cidades da rede e √† escala europeia (exposi√ß√Ķes, encontros-debates, proje√ß√Ķes, eventos festivos, workshops…).

6/uma fase de avaliação (2017) que assumirá a forma de um seminário de avaliação em Gibraltar em junho de 2017 e que irá reunir a equipa do projeto e alimentar o relatório de avaliação final.